quarta-feira, 25 de março de 2015

Precisando de direção


Nem sempre dá para resolver tudo sozinho. Ocasionalmente, precisamos de alguém para nos ajudar.

Jó 8:8-9
Pergunte às gerações anteriores e veja o que os seus pais aprenderam,
pois nós nascemos ontem e não sabemos nada. Nossos dias na terra não passam de uma sombra.


Em algumas situações na vida, é impossível se virar sozinho totalmente. Todos nós precisamos de um conselho e de uma direção de vez em quando. Qual de nós pode dizer que sempre está certo e nunca precisou de uma pessoa te cutucando dizendo: "pensa bem... será que isso é uma boa ideia?"
Eu me lembro de várias situações em que se eu estivesse sozinho, não teria a menor noção do que fazer. Como arranjar um emprego, a primeira entrevista, onde encontro tal produto, como se chega em tal lugar. Este último aliás parece ser um problema com muitos homens. Eu moro próximo de São Paulo, uma cidade muito grande. Tão grande que as vezes um GPS, um mapa, uma bússola e três guias turísticos não são o suficiente para te guiar em segurança do ponto A ao ponto B. Muito menos chegar a tempo. Mas vejo pessoas que parecem muito orgulhosas para pedir ajuda. 
- Eu sei o caminho! - diz o marido.
- Mas já estamos rodando há horas. - diz a esposa, já cansada. -Pergunte para aquele rapaz ali como se chega lá... - Mas ele passa direto com o carro e não pergunta.
Não sei porque algumas pessoas tem tanta dificuldade em dizer: Não sei o que fazer. Alguém pode me ajudar? É admitir derrota? É se dizer muito fraco? Ou apenas humano?
A Bíblia nos lembra sempre de que não somos tão bons assim. Talvez muitos preferem ler outros livros mais alegrinhos (auto-ajuda, estou olhando para você...). Mas é importante lembrarmos que em alguns momentos não conseguimos tudo sozinhos. 
Vivemos em comunidade e temos uns aos outros (a não ser que você seja um homem que mora numa ilha deserta com sua bola Wilson). Então por que não ajudamos uns aos outros como a Bíblia nos diz para fazer. E se você ajuda, e que bom se você o faz, por que é tão difícil pedir ajuda quando se precisa?
Não seja orgulhoso. Peça ajuda. Peça direção. Você não precisa resolver tudo sozinho. Converse com uma pessoa sábia, um amigo, um familiar. Converse, acima de tudo, com Deus. Ele, mais do que ninguém vai te guiar numa direção correta. Funciona melhor do que GPS. Muito melhor.

terça-feira, 24 de março de 2015

Quem ama, corrige.


Muitas vezes nossa teimosia não deixa que Deus trate conosco do jeito que Ele quer.

Jó 5.17-18
Como é feliz o homem a quem Deus corrige; portanto, não despreze a disciplina do Todo-poderoso.
Pois ele fere, mas trata do ferido; ele machuca, mas suas mãos também curam.


Eu conheço algumas pessoas que não aceitam que alguém chame a atenção deles. Eles dizem coisas como: "Não aceito que falem comigo desse jeito" ou "não levo desaforo pra casa". Em geral essas pessoas têm personalidade muito forte e esse orgulho/teimosia pode acabar impedindo eles de passar por crises e aprendizados. Se nunca ouvirmos o conselho dos outros, como vamos melhorar como pessoa?
Uma coisa é quando seu chefe chama sua atenção e você se revolta. Outra é quando Deus quer te corrigir e você também quer se revoltar. Digo isso porque pode ser que seu superior chame sua atenção por motivos errados, como perseguição, preconceito ou outras causas diversas. Mas Deus nunca faz isso. E diariamente continuo vendo pessoas rejeitando o conselho e a repreensão que vem de Deus.
Deus corrige de diversas maneiras: falando diretamente, em orações, através da Bíblia, mensagens, através de outros irmãos. Esse último, em especial, irrita muito àqueles que estão no erro.
A Bíblia nos ordena a estar de coração aberto para correção divina, porque a intenção de Deus sempre é a reconstrução, a restauração e a vida e nunca a sua humilhação. Diferente de outras pessoas que chamam sua atenção por motivos que podem ser justos ou não, Deus sempre está interessado no seu bem.

O texto ainda diz que feliz é aquele que Deus corrige. Isso porque esta pessoa será restaurada, se desviará do caminho errado e será guiado por Deus num caminho de vida eterna. Assim como um pai que corrige o filho para que ele saiba distinguir o bem do mal, Deus tem que fazer o mesmo conosco. Afinal de contas, pai que ama corrige, e Deus nos ama muito.

sábado, 21 de março de 2015

Deus é quem te dá forças

As vezes batalha é muito grande para vencermos sozinhos. Mas Deus nos fortalece.



Js 1.9
Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.

Deus fala com Josué e o incentiva. Moisés, mentor de Josué, tinha falecido e agora ele era o novo líder do povo de Israel. Um povo gigantesco com uma promessa ainda maior: conquistar uma terra que Deus tinha prometido a eles enfrentando inimigos intimidadores. Mas Deus quer que Josué não desanime. Seja forte, diz Deus. Não se apavore, porque Deus está com você onde você andar.

Sl 118.6

O Senhor está comigo, não temerei. O que me podem fazer os homens?

Essa é a pergunta de ouro. Se Deus está comigo, por que devo ter medo? Por que duvidar quando Deus está comigo? Se você é um servo de Deus, então Deus te guia e te protege todos os dias. A cada momento Ele está contigo e nunca te abandona. Não existe inimigo grande diante do Senhor Todo-Poderoso. Todos se apequenam perante do criador de todo o universo que me ama e cuida de mim. Tenho pena daqueles que forem contra o servo de Deus, porque ele não vai só contra uma pessoa. Deus batalha por seus servos. Não é à toa que diversas vezes na Bíblia o Senhor é descrito como Senhor dos Exércitos.

Jz 7.2-3
E o Senhor disse a Gideão: “Você tem gente demais, para eu entregar Midiã nas suas mãos. A fim de que Israel não se orgulhe contra mim, dizendo que a sua própria força o libertou, anuncie, pois, ao povo que todo aquele que estiver tremendo de medo poderá ir embora do monte Gileade”. Então vinte e dois mil homens partiram, e ficaram apenas dez mil.

Deus está com você e te dá forças, mas ele quer que você permaneça humilde. Gideão ia à batalha com um exército de cerca de 32 mil homens. Deus diz que estará com eles, mas para que eles saibam que é o Senhor que é a força deles, e não as suas próprias mãos ou armas, Deus dispensa boa parte do exército e o deixa pequeno. A história prossegue e no fim, sobram apenas 300 soldados. Aí Deus fica satisfeito. Agora sim, o exército de Gideão e os inimigos saberiam sem sombra de dúvidas que o Senhor venceu essa batalha. Toda a honra deve ser somente a Deus, nosso Senhor, afinal toda nossa força vem Dele.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Deus é quem te guarda


Nem sempre temos coragem de admitir, mas muitas de nossas preocupações são resultado de falta de fé em Deus.

Sl 3.3-5

Mas tu, Senhor, és o escudo que me protege; és a minha glória e me fazes andar de cabeça erguida.
Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde.
Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém.

Vivemos em tempos perigosos atualmente. Quem pode dizer que está totalmente seguro? Quem está imune à violência ou aos acidentes? Por mais que existam planos de saúde e seguro, quem está totalmente livre do perigo? Não há nada imediato que podemos fazer para transformar nossas cidades em pacíficas e totalmente seguras, porque são as pessoas que são perigosas. Apesar disso, Deus nos guarda, nos protege e nos sustenta.
Quando vier o perigo, Deus vai cuidar de mim. Quando vier o desemprego, Deus continuará me sustentando e me guardando. Quando eu estiver dormindo e estiver totalmente indefeso, Deus é quem me guarda e me protege. Se acordo mais uma vez com saúde, é porque Deus me guardou durante a noite.

Mc 4.37-40
Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este foi se enchendo de água. Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e clamaram: "Mestre, não te importas que morramos?" Ele se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: "Aquiete-se! Acalme-se!" O vento se aquietou, e fez-se completa bonança. Então perguntou aos seus discípulos: "Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?"

Jesus chamou a atenção dos discípulos. Ainda não tem fé? As vezes os problemas vêm e eles nos tiram o sossego e é complicado perceber que isso é apenas falta de fé. Jesus estava com eles no barco e mesmo assim os discípulos disseram “Vamos morrer! Acorde Jesus! Você não se importa? Nós vamos morrer!”. Jesus deve ter acordado meio decepcionado. Ele se levanta e faz a tempestade se acalmar e vira para os discípulos questionando essa falta de fé deles. Será que eles realmente achavam que Jesus ia deixá-los morrer? Na hora do desespero, nós fazemos muitas coisas sem pensar direito. Por isso precisamos firmar nossa fé antes mesmo do desespero vir, como uma âncora. Assim quando a tempestade vier, não seremos levados.

Sl 118.6
O Senhor está comigo, não temerei. O que me podem fazer os homens?

Sl 91.7-12

Mil poderão cair ao seu lado, dez mil à sua direita, mas nada o atingirá.
Você simplesmente olhará, e verá o castigo dos ímpios.
Se você fizer do Altíssimo o seu abrigo, do Senhor o seu refúgio,
nenhum mal o atingirá, desgraça alguma chegará à sua tenda.
Porque a seus anjos ele dará ordens a seu respeito, para que o protejam em todos os seus caminhos;
com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra.

Deus te guarda. Não deixe de acreditar nisso. Em cada dia de sua vida, Deus já cuida de você. Em alguns casos na Bíblia Deus fala sobre planos que Ele tinha para alguém antes mesmo de ela nascer. Não se preocupe, Deus cuida de você. Confie Nele.
Eu sei que é fácil simplesmente dizer “não se preocupe” mas na realidade as coisas não são tão simples. Eu sei. Mas existem momentos na vida em que percebemos que não podemos fazer nada. E nessas horas lembramos que dependemos de Deus. Quando o mar estava calmo, os discípulos não pediam ajuda pra Jesus. Foi só na hora do desespero. As vezes precisamos passar pela tempestade para lembrar que Jesus está no meu barco. “Ah é… que bobagem minha. Pra que me preocupar. Tinha esquecido! Jesus está no meu barco. Ele cuida de mim”.

Lembre-se disso. Deus cuida de você.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Deus é quem te capacita


Deus nos chama para uma vida de fé e relacionamento, mas muitas vezes duvidamos, ou do poder de Deus ou de nossa capacidade.

Êxodo 4.10-12
Disse, porém, Moisés ao Senhor : “Ó Senhor! Nunca tive facilidade para falar, nem no passado nem agora que falaste a teu servo. Não consigo falar bem!”
Disse-lhe o Senhor : “Quem deu boca ao homem? Quem o fez surdo ou mudo? Quem lhe concede vista ou o torna cego? Não sou eu, o Senhor ?
Agora, pois, vá; eu estarei com você, ensinando-lhe o que dizer”.


Aqui nós vemos Moisés, um homem que Deus chamou para um ministério muito importante: libertar e liderar um país. Imediatamente Moisés se considera incapaz para o cargo. “Não consigo falar bem”, diz ele. Talvez Moisés tivesse gagueira ou alguma dificuldade para se expressar. Mas ele aparentemente tinha se esquecido com quem estava falando: com Deus!
Quando Deus diz “vá em frente e faça isso”, você não pode responder “Ah, Deus… você não sabe do que está falando… Isso é muito difícil”. Essa é a resposta da pessoa solitário. Mas não estamos sós. Deus está conosco.
Várias vezes pensamos assim. Deus te promete algo e você só consegue pensar em como aquilo é difícil ou até impossível. Mas lembre-se do poder do Senhor Todo-poderoso. Além do mais, se Deus está dizendo que você consegue, você consegue. Afinal de contas, é Deus quem te dá suas capacidades e dons.


Êxodo 31.2-4
“Eu escolhi Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá,
e o enchi do Espírito de Deus, dando-lhe destreza, habilidade e plena capacidade artística
para desenhar e executar trabalhos em ouro, prata e bronze...


Algumas pessoas acham que dons de Deus são apenas aqueles que se usam durante um culto, como pregar a palavra ou cantar. Mas aqui vemos um homem chamado Bezalel. Um homem que Deus capacitou para fazer arte com metais. Isso é tão importante quanto saber tocar bem um instrumento num culto. Deus capacitou aquele homem para fazer arte. Da mesma maneira Ele iria capacitar Moisés em fazer algo que ele tinha dificuldade: falar bem.
Eu não sei como Deus quer te usar nem qual ministério Ele tem para realizar na sua vida. O que eu sei o Senhor te capacita. Então quando Deus te chamar para fazer algo, diga sim e confie, afinal Ele é quem vai te capacitar e te guiar.
Apesar disso, não deixe isso subir a sua cabeça. Deus te capacita, mas não ache que isso te torna melhor que os outros:


Deuteronômio 8.17-18
Não digam, pois, em seu coração: ‘A minha capacidade e a força das minhas mãos ajuntaram para mim toda esta riqueza’.
Mas, lembrem-se do Senhor, o seu Deus, pois é ele que lhes dá a capacidade de produzir riqueza, confirmando a aliança que jurou aos seus antepassados, conforme hoje se vê.


Sim, Deus vai te capacitar e te ajudar. Mas lembre que a força vem Dele. Você não é o centro das atenções e nem é melhor que alguém por causa de alguma habilidade que você tem. Mas Deus é quem te ajuda. A glória e a honra é toda Dele.

quarta-feira, 18 de março de 2015

Ser como criança


Eu ensino crianças e com o passar do tempo, percebi que adultos não são tão diferentes de crianças. De vez em quanto temos comportamentos bem infantis, como não saber ouvir “não”, ser muito egoísta, ficar “de mal” com as pessoas por motivos bobos. Por outro lado, as crianças tem muitas coisas boas também! Elas têm muita fé, fazem amigos com facilidade e perdoam muito facilmente. Quem dera os adultos fossem parecidos com as crianças nas coisas boas!
Quando somos crianças, não temos muitas preocupações. Não pensamos na conta do mês, não perdemos o sono porque estamos preocupados. Eu já perdi o sono quando criança por ansiedade de ganhar um presente ou fazer uma viagem, mas não preocupações. Quando se é criança, em geral, você tem que estudar, brincar e crescer. E só. As grandes preocupações de uma criança parecem inexistentes quando comparamos com nossas preocupações de adultos.
Quando crianças, confiamos cegamente em nossos pais. Eles cuidam de nós e confiamos neles. “Não vou perder o horário, meus pais vão me acordar. Não vai faltar nada. Meus pais vão cuidar de mim”.
Com o tempo crescemos e amadurecemos e começamos a nos preocupar. Ficamos ansiosos e preocupados. Contas, prazos, problemas, intrigas e fofocas. Coisas que não faziam parte de nossa mente quando crianças agora nos tiram o sono. Parece que aquela fé que tínhamos quando crianças se foi.

Mt 18.1-4
1. Naquele momento os discípulos chegaram a Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos céus?”
2. Chamando uma criança, colocou-a no meio deles,
3. e disse: “Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus.
4. Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus.

Jesus nos convida a ser mais como crianças. Mais humildes, mais simples, mais confiantes no nosso Pai. Por que não confiamos em Deus como uma criança confia em seus pais?
Uma vez por semana minha família sempre saía junto. Mas tinha um dia que eu sempre saía com meu pai para brincar. Eu esperava por esse dia. E uma vez ele chegou em casa muito tarde por causa de seu trabalho. Problemas tinham acontecido e o dia dele devia ter sido terrível. Mas eu estava inconsolável! “Você prometeu que ia sair comigo!”, eu dizia triste. Eu tinha tanta certeza que ele estaria lá e passaríamos o dia juntos que quando aquilo não aconteceu, o meu mundo acabou! Para uma criança, é claro. Mas isso me mostra o quanto eu confiava no meu pai. Eu tinha certeza absoluta que tudo ia acontecer exatamente como ele me disse. Ele é meu pai. Não faria uma coisa dessas comigo. Eu confiava nele. É claro que ele vai cuidar de mim e cumprir as promessas.
Hoje eu olho para trás e penso: quem dera eu tivesse uma fé dessas no meu relacionamento com Deus! Como eu queria ter mesma certeza que eu tinha quando criança. Se Deus, meu Pai celeste, diz que vai cuidar de mim, que nada vai faltar, eu tenho que crer, como eu acreditava quando era criança. Uma fé cega e inabalável.
Deus nos chama para acreditar. Para ter fé Nele e nas suas promessas. Andamos preocupados e ansiosos porque não confiamos em Deus. Na Bíblia, Deus promete que Ele cuida de nós e nunca nos abandona. Por que não confiamos Nele?
Jesus nos chama a ser como crianças. Jesus nos chama a um relacionamento de fé com Deus. O Senhor cuida de você.

Isaías 49:15

Será que uma mãe pode esquecer do seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa se esquecer, eu não me esquecerei de você!

segunda-feira, 16 de março de 2015

Insista!


Há momentos em que não parece mais haver esperança, mas sempre podemos contar com Deus.

Jó 5.8-9
Mas, se fosse comigo, eu apelaria para Deus; apresentaria a ele a minha causa.
Ele realiza maravilhas insondáveis, milagres que não se pode contar.


Quando vejo a palavra apelar, lembro-me daquelas cenas de tribunal quando alguém insiste dizendo que é inocente, apesar da impressão que a situação passa. O réu pede, implora, apela, mas as vezes não é o suficiente. 
Em alguns momentos na vida, não importa o quanto você insiste, não há nada mais a ser feito. A derrota parece certa. Parece, mas não é.
A Bíblia nos diz diversas vezes para apresentarmos nossos sonhos, desejos, ansiedades e preocupações diante de Deus e confiar Nele. 
Apele para Deus. Quem sabe Ele tem misericórdia e muda essa situação. 
Apele para Deus. Quando todas as provas apontam que você é culpado, Deus vem e perdoa toda sua culpa. Caso encerrado. Tudo que você devia foi pago pelo Deus de amor. Com Deus podemos ser perdoados e libertos. 
A situação está difícil? Peça a Deus e Ele vai te ajudar.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Deus vai te ajudar

Em alguns momentos da vida, encontramos problemas que são grandes demais para nós. Porém, podemos encontrar forças em Deus.

Jó 5.7-9
No entanto, o homem nasce para as dificuldades tão certamente como as fagulhas voam para cima. Mas, se fosse comigo, eu apelaria para Deus; apresentaria a ele a minha causa. Ele realiza maravilhas insondáveis, milagres que não se pode contar.

O livro de Jó conta a história de um homem que sofreu muito. Como Jesus mesmo afirmou, sofrimento faz parte da vida (João 16.33), mas não precisamos desanimar, porque se o sofrimento é grande, nosso Deus é muito maior.
É como uma criança que tem problemas com sua lição de matemática. Para ela, aquele problema parece impossível. Não tem como! Mas ai vem alguém mais velho, com calma e ensina como se faz. Isso faz toda a diferença.
Com Deus, o impossível se torna possível. Mais do que isso, se torna fácil. As vezes somos como crianças e só precisamos de ajuda.
Não queira resolver todos os problemas sozinhos. Deixe Deus te ajudar que vai ficar tudo bem.

terça-feira, 3 de março de 2015